Últimas Notícias

Equipe realiza dinâmica no Dia Mundial do Coração

Atividade foi realizada com a equipe da Emergência

Dia Mundial da Segurança do Paciente tem orientações pelo HJV

Tema foi “cuidado materno e neonatal seguro”

Projeto sobre saúde mental amplia alcance entre profissionais

Rodas de conversa abordam bem-estar emocional

HJV promove capacitação sobre Prevenção de Lesão de Pele

Objetivo foi fortalecer adesão ao protocolo institucional

Empossados novos membros da Comissão de Ética de Enfermagem

Solenidade virtual também apresentou atribuições da Comissão

SCIH realiza ação educativa sobre higiene das mãos

Equipe do SCIH levando orientações para profissionais da Emergência

O Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH) do Hospital Jorge Valente (HJV) realizou, nos dias 05, 06 e 07 deste mês, ação educativa para atualizar as equipes do hospital a respeito da adequada higienização das mãos, tendo em vista a prevenção e controle de infecções relacionadas à assistência à saúde.

A atividade, coordenada pelo SCIH, ocorreu com o apoio das coordenações dos setores, com início no Dia Mundial de Higienização das Mãos, 05 de maio. Para possibilitar o treinamento dos profissionais de forma descontraída, foi aplicado um quiz (jogo de perguntas e respostas).

Este ano, a campanha da Organização Mundial da Saúde (OMS) “Salve Vidas: Limpe suas mãos!” tem como foco os profissionais de saúde, para que higienizem as mãos na hora certa e da maneira certa. Com o slogan “Segundos salvam vidas: limpe suas mãos”, a OMS convoca os profissionais de saúde para realizar a efetiva higiene das mãos no “ambiente do cuidado”, onde estão o paciente, o trabalhador da saúde e o tratamento que envolve o contato com o paciente e o seu entorno. Para prevenir  a transmissão de microrganismos infecciosos durante a prestação de cuidados de saúde, a OMS destaca que a higiene das mãos deve ser feita em cinco momentos específicos e de forma eficaz, usando a técnica certa e os produtos disponíveis.

De acordo com as diretrizes da OMS sobre a higienização das mãos em serviços de saúde, antes de tocar o paciente e de realizar qualquer procedimento asséptico é importante que o profissional lave adequadamente as mãos para evitar a transmissão de micro-organismos que podem causar infecções. A higienização também é fundamental após o contato com o paciente, inclusive em caso de exposição a fluidos corporais e depois de remover as luvas. O profissional deve lavar as mãos mesmo que tenha tocado apenas as superfícies, mobília e objetos próximos ao paciente, assim como ao sair do ambiente de assistência. Esses cinco momentos para higienização das mãos foram reforçados por todo o hospital, por meio de cartazes educativos.